MISSÃO: “Educar crianças com base em uma proposta pedagógica consistente, para serem felizes e desenvolverem competências, com apoio em valores humanos”.

Na Trilha da Criança, alguns valores são de suma importância, tais como:

 

• RESPEITO • COMPETÊNCIA
• ÉTICA • COMUNICAÇÃO EFICAZ
• HONESTIDADE • ORGANIZAÇÃO
• RESPONSABILIDADE • SOLIDARIEDADE
• SEGURANÇA E INTEGRIDADE FÍSICA • COOPERAÇÃO
• ALEGRIA • AFETIVIDADE
• CRIATIVIDADE

 

EDUCAMOS PARA: 

  • a autonomia, a curiosidade, a cooperação e o exercício da cidadania plena;
  • o domínio e a utilização das diferentes linguagens, com senso crítico e criatividade;
  • a compreensão dos fenômenos naturais e sociais e o respeito ao ambiente, como valor vital;
  • o convívio ético, responsabilizando-se por seus atos e suas consequências;
  • a justiça social, a solidariedade, o respeito mútuo e a igualdade de direitos;
  • a atitude de cuidado em relação a si mesmo e ao outro e da valorização da saúde, da integridade física e da segurança.

O Projeto Político-Pedagógico da Trilha da Criança, moldado de acordo com uma sólida base educacional, foi elaborado a partir de múltiplas experiências, de um processo de trabalho e de subsequentes decisões que configuram a identidade da escola. Trata-se de um conjunto de princípios e concepções de educação pautado em leis que regulamentam e embasam a Educação Infantil e o Ensino Fundamental, o qual visa desenvolver as competências básicas para cada fase e promover a formação integral do aluno em suas relações com o conhecimento, abrangendo valores éticos e morais.

Nossa prática educativa se inspira nos “Quatro pilares educacionais do século XXI”, propostos pela Unesco, que versam que o verdadeiro sentido da educação está em permitir que as crianças sejam capazes de: “1º) Aprender a aprender ou a conhecer; 2º) Aprender a fazer e a empreender; 3º) Aprender a ser e aprender a viver juntos (conviver); e 4º) Aprender a ser, desenvolvendo plenamente suas potencialidades e as características de sua faixa etária”.

Nesse contexto, nosso Projeto Político-Pedagógico visa incentivar e desenvolver: o domínio das linguagens; a compreensão de fenômenos; a oportunidade para enfrentar situações-problema; a construção da argumentação; e a elaboração de propostas de intervenção solidária. Este último objetivo é bastante aplicado no projeto institucional “Cidadão Mirim”, em que as crianças refletem e realizam várias atividades relacionadas à Agenda 21, como a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento de valores.

Na infância, as crianças desenvolvem as principais características de sua estrutura emocional, intelectual e física. É quando iniciam o processo de compreensão do mundo em sua volta, passando a construir valores, conhecimentos e cultura. Quanto mais saudável, prazeroso e carregado de afeto for o crescimento nessa fase, melhores serão os resultados para o desenvolvimento infantil e para a o processo de aprendizagem. Nesse sentido, a Trilha auxilia nessa construção, pois é neste espaço que as crianças conseguem organizar suas informações para estabelecer relações de sentidos (sua representação de mundo) e, também, adquirir conhecimentos específicos, resultando na formação de adultos felizes, autônomos e intelectualmente capacitados.

A prática pedagógica da Trilha da Criança se estrutura em torno de três eixos complementares: Cuidar; Brincar; e Educar.

O cuidar e o educar, com base nas novas diretrizes, devem caminhar de forma integrada, possibilitando que as ações desenvolvidas contribuam para o desenvolvimento da identidade e da autonomia da criança de forma global.

O brincar é valorizado como o espaço do lúdico e do simbólico no cotidiano da escola, pois a criança pequena processa o mundo e as informações por meio do ato de brincar. Brincando, ela reproduz, representa e reinterpreta o mundo por meio das situações criadas e da invenção de novos significados, saberes e práticas.

No processo de ensino-aprendizagem da Trilha da Criança, há um intercâmbio ativo e recíproco, propiciado pela interação entre o professor, o aluno e o conhecimento. As relações pedagógicas são centradas no trabalho cooperativo, no respeito mútuo, na autonomia e no intercâmbio de experiências. A mediação do educador é fundamental e se dá na etapa de elaboração de estratégias para as intervenções diárias, visando orientar a aprendizagem, compreendendo e valorizando as múltiplas habilidades de cada aluno, na busca pelo conhecimento.

A integração entre a família e a escola é de fundamental relevância, estando respaldada na confiança e no diálogo como condição para o desenvolvimento de um processo educativo global e afetivo, com base em uma parceria produtiva, a favor da educação dos alunos. Por isso, realizam-se, sistematicamente, reuniões, plantões individuais, atividades integradas, palestras e atendimentos, conforme as demandas dos pais e as necessidades dos alunos.

Pretende-se que esta proposta pedagógica seja um instrumento norteador, em consonância com a identidade da escola, para a realização de um trabalho consistente e integrado com toda a comunidade escolar, respeitando o mundo atual vivido pela criança.

O Projeto Político-Pedagógico completo encontra-se disponível às famílias, na secretaria da escola.